Você Empregado

Quando é hora de pedir demissão?

Karine Camuci

Cinco sinais e quatro soluções sobre o momento certo para desbravar novos horizontes.

A pergunta do título deste artigo já foi (ou será) feita pela maioria dos profissionais, independente do cargo, nível hierárquico ou setor de atuação. O questionamento surge a partir de um ou vários fatores, tendo como pano de fundo, quase sempre, sentimentos associados à falta de motivação e ao desejo legítimo de se sentir mais realizado. 

Eis alguns sinais que mostram claramente que chegou a hora de pedir demissão:

#1 Desmotivação

É um grande indicativo de que é chegada a hora de partir. Você não se sente desafiado, acredita que não rende mais e perdeu o ânimo em atividades que antes despertavam prazer. Sente que precisa fazer alguma coisa, mas não sabe ainda quando, como e, principalmente, por onde começar;

#2 Relacionamento

Toxicidade é a palavra que “traduz” a sua relação interpessoal com pares e superiores? Cuidado! Este é um dos sinais mais evidentes que apontam a hora de pedir demissão. Quando envolve assédio moral, então, a relação profissional se torna insustentável;

#3 Cultura

Empresas têm crenças que se reproduzem nas relações do dia a dia, na hierarquia e na forma de fazer negócios. Se sente que os seus valores não estão alinhados aos de onde trabalha, provavelmente você terá conflitos mais adiante. A insatisfação será apenas uma questão de tempo;

#4 Competências

Avalie sua experiência, liste suas habilidades e coloque tudo na balança, comparando com as funções que exerce na empresa. Para se desenvolver é preciso desafiar-se o tempo inteiro. Se não sente mais esse desafio, talvez seja hora de você partir;

#5 Crescimento

Da perspectiva da evolução profissional, é preciso estar sempre ampliando conhecimento e desenvolvendo novas habilidades. Analise se está aprendendo coisas novas e se está crescendo como profissional no seu emprego atual. Caso contrário, considere a hipótese de desbravar novos horizontes. 

Se você sente um ou mais dos sinais acima é interessante ficar atento. Caso já os tenha identificado, prepare-se antes de tomar qualquer decisão. Nessa hora, é natural sentir insegurança. Mudar de emprego ou até mesmo de carreira é um desafio que assusta pelos riscos que traz e pelas incertezas que gera. A melhor forma de encarar o desafio é se preparando. Confira algumas dicas:

#1 Avalie-se

Seja honesto consigo mesmo. Reflita sobre o quesignifica realização profissional para você, o que traria mais prazer e satisfação em termos profissionais. Descubra pelo que vale a pena mudar;

#2 Pesquise

Analise como está o mercado, quais são as alternativas e como pode se preparar para aproveitar as oportunidades. Invista em capacitação: cursos, leitura e mentoria de recolocação profissional; 

#3 Iniciativa

Quando entender que chegou a hora, tome a iniciativa. Não adie a decisão aguardando o momento ideal, pois o “ideal” pode ser uma utopia. É inevitável correr algum risco. Quando sentir-se pronto para mudar os rumos profissionais e pedir demissão, tome a iniciativa.

#4 Foco

faça o que precisa ser feito. Sem mimimi. Pense nos objetivos que você terá no futuro a partir das atividades que está executando agora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *